Loading...

Pesquisar neste blogue

A carregar...

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Exame Ginecológico

Exame Preventivo de Câncer
Papanicolau - Citologia Oncótica
Leia também O que é o Câncer de Colo de Útero ?
Leia a primeira vez de Adriana
Como é feito o exame ginecológico
O nome correto é Papanicolaou mas por se ter tornado comum no Brasil escrever Papanicolau optamos por manter esta versão para melhor compreensão de nossos leitores.
O exame ginecológico é um dos mais importantes exames para a saúde da mulher. É normal que existam medos e ansiedades para a sua realização. O objetivo deste artigo é responder a maioria das perguntas para que as mulheres possam entender COMO e PORQUE é realizado este exame.
O exame é simples, e tem reduzido as mortes por câncer de colo de útero em 70 %, desde sua criação pelo Dr. George Papanicolaou em 1940. O sucesso do teste é porque êle pode detectar doenças que ocorrem no colo do útero antes do desenvolvimento do câncer. O exame não é somente uma maneira de diagnosticar a doença mas serve principalmente para determinar o risco de uma mulher vir a desenvolver o câncer.
Quem pode e deve fazer o exame ?
Todas as mulheres com ou sem atividade sexual devem fazer o exame anualmente.
Qual a melhor época para fazê-lo?
No mínimo uma semana antes de sua menstruação. Evite duchas, cremes vaginais, e relações sexuais tres dias antes do exame.
No que consiste o exame ginecológico ?
O exame completo é constituído do exame das mamas (leia artigo sobre este exame) e depois o exame ginecológico. Este é constituído pelo exame externo da vulva e depois a colocação de um especulo na vagina para visualizar a vagina e o colo do útero.
Também consiste no exame de toque vaginal quando o(a) médico coloca dois dedos na vagina para examinar os órgãos internos da pélvis feminina.

Espéculo vaginal
Espéculo vaginal descartável
Um conforto no seu exame
Mulheres virgens também devem ser examinadas ?
Sim, existem diversas técnicas que permitem o exame de mulheres virgens. Avise o médico que você é virgem ANTES do exame.
O que o médico vê lá dentro ?
O exame mostra o interior da vagina e o colo do útero.

Veja imagem

O que é o colo do útero?
Colo do útero é a parte do útero que fica dentro da vagina.
(Para visualizar melhor as imagens clique em cima delas)


Colo Normal
Colo com alterações
E o exame preventivo de câncer, o que é ?
Este exame é a colheita de material do colo do útero o qual é mandado para um laboratório especializado em citopatologia. Também é chamado de citologia oncótica, colpocitologia, Papanicolau, e fora do Brasil é conhecido como Pap Test ou Pap Smear.

Colheita do Exame de Papanicolau
Este exame pode ser complementado com a Colposcopia (Leia artigo sobre este exame)
Quais são os possíveis resultados ?
O resultado pode ser fornecido em Classes de Papanicolau que variam de I a V ou em descrição das lesões. Estes resultados devem ser interpretados exclusivamente por seu médico. Se tiver dúvidas pergunte.
Veja as células da vagina ao microscópio:
1.Normal
2.Candidiase
3.Tricomonas
4.Papiloma Virus (HPV)
5.Gardnerella vaginalis
6.Câncer
Mas este exame só serve para isto ?
Não, a citologia serve para determinar outras condições de saúde de seu corpo tais como nível hormonal, e doenças da vagina e doenças do colo do útero. Por isto é importante que seja o seu médico quem interprete o exame e lhe dê medicamentos específicos para estas alterações.
Mais ainda o exame ginecológico é uma excelente oportunidade para você conversar com seu médico a respeito de sua saúde e de temas como câncer de mama, menopausa, e osteoporose.
O exame dói ?
Não. É preciso estar relaxada. Converse com seu médico se estiver com medo.
O que é o Câncer de Colo de Útero ?
Onde fazer o exame ?
Se você tem um convênio médico ou usa um médico particular marque uma consulta com seu médico ginecologista de confiança.
Este exame também pode ser feito gratuitamente em qualquer Unidade Básica de Saúde do Sistema Único de Saúde e também em todas as Faculdades de Medicina do Brasil. Procure por um Serviço de Saúde da Mulher.
Revisto e atualizado em
Como é feito o exame ginecológico
Área Médica Exclusiva: Resultados dos exames de papanicolaou
Área Médica Exclusiva: Recomendações para a rotina de exames de papanicolaou


Dúvidas ? Perguntas ? Escreva para nós !!!
Atualizado e revisado em
Leia também:
Corrimento
Exame de Mama
Colposcopia
Endometriose
Cervicite
Menopausa
Ovários Policísticos
Síndrome dos Ovários Policísticos

Leia também: Entrevista do Dr. Sérgio dos Passos Ramos para o site Xenicare.com.br
Uma em cada cinco mulheres apresentam sintomas ou sinais de ovários policísticos, ou S.O.P. (Português) ou P.C.O.S. (Inglês).
Esta síndrome é caracterizada por sinais de hiperandrogenismo e/ou disfunção ovariana e/ou ovários policísticos ao ultra-som.
Os critérios para o diagnóstico, de acordo com o Consenso Internacional de Rotterdam 1, são no mínimo 2 de 3 dos sintomas:
1.Ovários Policísticos ao Ultra-som.[veja mais]
2.Falta de Ovulação Crônica ou Deficiência de Ovulação.[veja mais]
3.Sinais Clínicos ou Laboratoriais de Hiperandrogenismo.[veja mais]
Portanto, apenas um ultra-som mostrando ovários policísticos não é suficiente para o diagnóstico desta doença.
Sintomas
Irregularidades Menstruais.
É um dos principais sintomas da S.O.P. Grande parte das mulheres tem atrasos ou mesmo ausência das menstruações.
Dificuldade na Ovulação.
Muitas mulheres com esta síndrome não tem ovulação regular. Este fato faz com que muitas delas tenham dificuldade em engravidar sem um tratamento eficaz.
No entanto isto não quer dizer que mulheres com S.O.P. não engravidem nunca !!! Muitas adolescentes com estes ovários pensam que não podem engravidar e acabam conseguindo uma gravidez indesejada.
Voltar para o início da página
Problemas na Pele e aumento de pelos.
Acne, espinhas, queda de cabelo, pele oleosa e aumento de pelos são sintomas que podem fazer parte da síndrome. São chamados de hiperandrogenismo.
Voltar para o início da página
Aumento de Peso
Muitas mulheres que tem Ovário Policístico apresentam aumento de peso.
Pacientes com síndrome de ovário policístico devem ser cuidadosamente avaliadas em relação à resistência à insulina e a síndrome metabólica, pois estas doenças estão relacionadas com maior chance de desenvolver alterações vasculares, diabetes, hipertensão arterial e risco cardiovascular aumentado.
Abortos
Pode haver uma correlação entre os altos níveis de LH com abortos em mulheres com esta síndrome.
Diagnóstico
O diagnóstico é feito através do exame clínico, ultra-som ginecológico, e exames laboratoriais.
Ao ultra-som caracteriza-se pelo aparecimento de mais de 12 folículos na superfície de cada ovário, ou aumento do volume ovariano acima de 10 ml.
Este ultra-som deve ser feito entre o 3º e 5º dia do ciclo menstrual. Não sendo a mulher virgem deve-se dar preferência para a técnica de ultra-som transvaginal.
É importante definir que estes resultados não se aplicam a mulheres que estejam tomando anticoncepcionais orais. Se houver um folículo dominante ou um corpo lúteo é importante repetir o ultra-som em outro ciclo menstrual para realizar o diagnóstico.
Mulheres que apresentam apenas sinais de ovários policísticos ao ultra-som sem desordens de ovulação ou hiperandrogenismo não devem ser consideradas como portadoras da síndrome de ovários policísticos.
Voltar para o início da página

Fertil Steril. 2004 Jan; 81(1): 19-25.
Tratamento
Atualizado e revisado em
Leia também:
1.Tratamento da Síndrome de Ovários Policísticos
2.Entrevista do Dr. Sérgio dos Passos Ramos para o site Xenicare.com.br

Palavras chave para procura em inglês: Polycystic Ovarian Syndrome PCOS

Dúvidas ? Perguntas ? Escreva para nós !!!
A informação fornecida neste artigo é oferecida como um serviço à comunidade a respeito de cuidados com a saúde e não pode ser substituída por uma avaliação cuidadosa por parte do seu médico de confiança. Estas informações são baseadas em pesquisas feitas pelo autor e representam sua interpretação da literatura.
Esta página é oferecida por

Copyright © 1997 - 2007, Dr. Sérgio dos Passos Ramos médico especialista em Ginecologia e Obstetrícia, formado na Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP

O que é a menopausa ?
Menopausa é a parada de funcionamento dos ovários.
Ou seja, os ovários deixam de produzir os hormônios estrógeno e progesterona.
Não é uma doença, é apenas um estágio na vida da mulher.
A principal característica da menopausa é a parada das menstruações.
No entanto em muitas mulheres a menopausa se anuncia por irregularidades menstruais, menstruações mais escassas, hemorragias, menstruações mais ou menos freqüentes.
Não existe idade predeterminada para a menopausa. Geralmente ocorre entre os 45 e os 55 anos, no entanto pode ocorrer a partir dos 40 anos sem que isto seja um problema.
Não há relação entre a primeira menstruação e a idade da menopausa nem tão pouco existe relação entre a idade familiar da menopausa e a sua.

Sem comentários:

Enviar um comentário